Não crie um monstro dentro da sua princesa

Sociedade

Amei o texto da Naiane, porque concordo com ela. Tudo tem seu limite. Aprendi que vive mais feliz quem coloca as cartas na mesa e deixa claro aquilo que quer ou não. E, na minha vida, homem simpático com todas as mulheres do mundo não tem mais vez.

*

E não me entendam de um jeito radical. Incomoda, DE VERDADE, ver os nossos namorados (coloquei no plural pra englobar todas as amigas) elogiando a inteligência de uma, o sorriso de outra, falando da saudade da Joana, dos tempos de farra com a Maria, de como a Fernanda cheira bem, de como adora rir com a Chiquitita ou cair naquele velho cumprimento “internetês”. […]

Guarde seus elogios pra sua namorada que lhe atura até de madrugada quando você liga pra falar NADA. Guarde seus carinhos, abraços e gargalhadas com a pessoa que lhe quis do jeito que você é e ainda anda de mãozinhas dadas por aí. Faça depoimentos e responda de um jeito meigo e doce pra nós, as namoradas que não suportamos amigas folgadas. Diga que sente saudades, que quer tomar um porre e fazer uma viagem louca com a gente. […]

Homens, queridos, amizade de boteco é uma coisa, amizade de faculdade é uma coisa, amizade de infância é uma coisa, amizade com a minha amiga é uma coisa. Esse papo furado de “conheço a Flávia antes de você, e vou continuar sendo amigo dela”, não me convence que eu esteja te proibindo de ser amigo dela, esse PAPO FURADO está só lhe alertando que ela pode ser um problema futuro para o seu relacionamento lindo comigo.

Seja gentil, educado e contido. Seja amigo da Flávia, mas um amigo que sabe os limites de uma mulher. É só isso. Respeite nosso namoro. Respeite a nossa história. Respeite o modo como lhe vejo e não crie uma predadora dentro de mim.

Naiane Feitoza, trechos de Não crie um monstro dentro da sua princesa.
Para ler o texto completo, aqui.

Anúncios

3 comentários sobre “Não crie um monstro dentro da sua princesa

  1. Poxa, Cássia, fico muito feliz que tenha gostado tanto do texto, ainda mais publicando trechos aqui no seu blog (que LEIO TODOS OS DIAS).
    Somos fiéis aos sentimentos, mesmo que seja esse turbilhão de raiva que os namorados nos fazem.
    Espero que as mulheres entendam que não foi só um texto de humor escancarado e cheio de gracinhas. Espero que elas entendam que NAMORAR é dividir o seu coração com alguém, e esperar que esse alguém cuide bem do nosso coraçãozinho.

    Beijos, minha querida. ;*

  2. Querida, sério que você passa por aqui todos os dias? Ah, obrigada! E eu amei o seu texto justamente por você dizer, claramente, o que muitas mulheres sentem. Porque sempre parece frescura da nossa parte quando esse “excesso de simpatia” magoa e atormenta. Não, não é frescura. Magoa SIM, dói SIM, tem limite SIM e pronto. E às vezes a gente tolera esse tipo de coisa e morre um pouco por dentro. E amei o “que esse alguém cuide bem do nosso coraçãozinho”. Tem de cuidar bem mesmo, né? Se fazemos isso com os homens que amamos, merecemos ser bem-cuidadas. É o mínimo. 😉

    Grande beijo.

    P.S. Viu que seu link está aqui ao lado? Viu, viu, viu?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s