Linchamentos virtuais

Sociedade

Outro ponto curioso é a ideia do compartilhar o pensamento violento, de despejá-lo para que o mundo veja e, muitas vezes, ver tais ideias sendo reafirmadas através de curtidas no Facebook e ações semelhantes. A agressividade torna-se coletiva, dissolve-se na massa, toma quase que vida própria. E, muitas vezes, é nessa diluição que a violência se torna mais perigosa.

Acho bacana a internet como instrumento de cobrança de justiça, para que o sistema realmente seja pressionado a agir. Mas e quando essa cobrança vira incitação de violência? Para muitos, infelizmente, o conceito de justiça ainda remete ao olho por olho, dente por dente. Uma justiça que dificilmente tem o efeito real de gerar reflexão e inibir a crueldade no mundo. Violência gera mais violência. Manifestações pró-violência, como estas das últimas semanas, são um importante alarme que mostram como ainda precisamos melhorar e rever nossos conceitos, pois a violência ainda costuma falar alto em nosso impulso, nosso pensamento e nosso imaginário.

Gabriele Albuquerque Silva, trechos de Linchamentos virtuais.
Para ler o texto completo, aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s