Ainda existe lugar para princesas?

Sociedade

Mas não haveria algo de estranhamente retrô no que se refere a essa obsessão por Kate Middleton como a nossa nova figura de princesa? Será que nós sequer precisaríamos da categoria funcional de “princesa” em uma época na qual as notícias são ruins, ninguém acredita em finais felizes de contos de fadas e as mulheres não esperam mais que os sapatinhos de cristal caibam nos seus pés? […]

Isso ocorre porque, mais importante do que o papel “real” de uma princesa é o papel arquetípico, e até mesmo junguiano, desempenhando por ela. Afinal de contas, o que fazem todas aquelas princesas do mundo Disney? Elas estão ocupadas em ser heroínas das suas próprias vidas. Em um confronto assustador, Anastasia mata o maligno Rasputin, e salva a Rússia. Mulan ajuda a derrotar os conquistadores hunos, salvando assim também a sua família e o seu país. Bela liberta o seu escravizado príncipe da maldição de um encantamento. Em “The Princess Diaries” é a força interna e a graça da personagem de Anne Hathaway, e não apenas a sua postura e beleza, que a avó dela desenvolve.

Até mesmo a ligeiramente irritante Cinderela do desenho animado de 1950 não é assim tão ruim, se nós percebermos que os sapatinhos de cristal cabem no seu pé porque ela é bondosa para com as pequenas criaturas – e não cabem nas suas irmãs de criação não tanto porque estas sejam “feias”, mas sim porque elas são desalmadas. É interessante que quando as fábulas são cheias de narrativas reais de poder, assertividade e heroísmo feminino, elas são lidas mesmo assim como se fossem referências à beleza e à passividade. Não se preocupe se a sua filha de cinco anos de idade insistir em usar um vestido cor-de-rosa de princesa. Isso não significa que ela deseja virar uma nulidade, mas sim que a menina quer conquistar o mundo, o que para ela é suficiente.

Naomi Wolf, trechos de Nos dias de hoje, ainda existe lugar para as princesas?
Para ler o (ótimo) texto completo, aqui.

*

Eu, que sempre tive preconceito em relação às princesas, passarei a olhá-las de uma outra maneira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s