A verdadeira alegria espiritual

Literatura, Televisão

A alegria espiritual e seu louvor. O mal da tristeza.

São Francisco garantia que o remédio mais seguro contra as mil armadilhas e astúcias do inimigo era a alegria espiritual. Ele costumava dizer: “A maior alegria do adversário é quando pode roubar ao servo de Deus o gozo do espírito. Ele carrega um pó para jogar nos menores meandros da consciência, para emporcalhar a candura da mente e a pureza da vida. Mas, quando os corações estão cheios de alegria espiritual, a serpente derrama à toa o seu veneno mortal. Os demônios não conseguem fazer mal ao servidor do Cristo quando o veem transbordante de santa alegria. Quem tem o ânimo choroso, desolado e triste é facilmente absorvido pela tristeza ou, então, é levado a alegrias vãs”. Por isso, o santo tratava de viver sempre no júbilo do coração, conservando a unção do espírito e o óleo da alegria. Ele evitava com muito cuidado a horrível doença da tristeza, a tal ponto que era só sentir fraquejar um pouco, e ele já corria a rezar e dizia: “Quando o servo de Deus se sente perturbado por alguma coisa, como acontece quase sempre, deve levantar-se o quanto antes e vá rezar e ficar firme diante do Pai, até que Ele lhe devolva a sua alegria salutar. Porque se a tristeza demorar muito, fará desenvolver seu mal babilônico que se não for levado pelas lágrimas produzirá no coração uma ferrugem que vai ficar”.

Texto de um livro sobre São Francisco de Assis, lido por Luiz Augusto no programa “Viver com fé”, do GNT. Para assistir ao vídeo, aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s