Desde quando o gigante esteve dormindo?!

Sociedade

O MPL, por sua vez, é plenamente ciente disso e sabe que, ao revogar o aumento, abre-se um espaço – que já tem sido aberto! – para aprofundar o debate sobre o direito ao transporte e à cidade, e mesmo a tarifa zero (pauta que a Luiza Erundina encampou enquanto prefeita e lá vem ela, felizmente, nos relembrar disso). Por essas e outras, acredito que o MPL tem feito um ótimo trabalho ao resgatar essa pauta a cada protesto e reafirmar que, sim, é pelos 20 centavos. É preferível, na real, lutar por algo concreto e realizável como a revogação de um aumento da tarifa do que por uma melhoria genérica no Brasil.

Essa segunda opção, no entanto, tem sido a escolha de muitos jovens que, com o perdão da sinceridade, estiveram alheios do que politicamente tem acontecido no país desde as últimas décadas. Não é à toa que os partidos políticos têm sido hostilizados. É um direito de cada pessoa ali filiar-se politicamente a um grupo, coletivo ou partido. Isso é constitucional. E, querendo ou não, são justamente esses partidos nanicos da esquerda que têm feito barulho nos espaços para os quais essa mesma juventude costuma silenciar. Não só partidos, mas movimentos sociais como um todo – o MST, as feministas, o segmento LGBT, os movimentos negros, os/as professores/as da rede pública, entre outros – estão acordados e na luta há muito tempo.

Adriano Senkevics, trechos de “Desde quando o gigante esteve dormindo?!”.
O texto completo, aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s