Blog Tour: Marina Sandoval

Literatura

Chegou a vez do blog tour com a Marina Sandoval. Autora, tradutora, formada em Artes Cênicas, ela tem quatro livros publicados: “Capitolina”, “C.S. – Detetive Particular (O baú de Christa vol.1 e Fantasmas no convento vol.2)” e “O Quarto Mundo”. Somos amigas há anos e acompanhamos os caminhos literários uma da outra. Agora, vamos conhecer um pouco sobre seu processo de criação.

No que você está trabalhando no momento?
No momento estou na releitura do segundo volume de “O Quarto Mundo” e escrevendo o terceiro volume do “C.S. – Detetive Particular”.

Qual autor inspira você?
Ah, são tantos. J.R.R. Tolkien, Neil Gaiman, Licia Troisi, Edgar Allan Poe, Agatha Christie. Eu sou péssima para escrever romance, então quem me ajuda com isso é a Jane Austen, hehe.

O que você já escreveu?
(*Inclua livros, poemas, contos, blogs, etc.)
Escrevi “Capitolina”, “C.S. – Detetive Particular vol. 1 (O baú de Christa) e vol. 2 (Fantasmas no convento)” e “O Quarto Mundo”. Também escrevo pensamentos e os passados dos meus personagens no meu blog marinices.wordpress.com.

Onde nós podemos comprar seus livros ou ler o que você escreve? (Inclua todos os links relevantes)
Capitolina: Clube de Autores
C.S. – Detetive Particular vol. 1 e vol. 2: Clube de Autores
O Quarto Mundo: Saraiva e Cultura
E tem o blog: marinices.wordpress.com

Qual é o gênero dos seus livros?
Ficção fantástica.

Qual ator/atriz você gostaria que interpretasse o seu protagonista no seu livro mais recente?
Seria o Steven de “O Quarto Mundo”, acho que Joseph Morgan da série “The Originals” seria bom para o papel.

Você faz muita pesquisa?
Muita. Começando pelos nomes. Gosto quando os nomes possuem um significado que retrata uma característica daquele personagem ou daquele lugar. Também pesquiso muito sobre mitologia, fábulas, magia, seres sobrenaturais.

Você já escreveu algo junto com outros autores?
Eu tentei uma vez, mas não deu muito certo. Gostaria de tentar de novo.

Quando você decidiu se tornar escritor?
Na faculdade de Artes Cênicas, eu percebi que eu gostava mais de escrever do que de atuar, então eu comecei a seguir esse caminho.

Por que você escreve?
Porque é o que me faz feliz. Quando eu não estou escrevendo, eu estou pensando em escrever. Tenho todas essas histórias e personagens na minha cabeça, se eu não escrever eles ficam bravos comigo, haha.

Você tem uma hora do dia especial para escrever?
Tarde, noite, madrugada. Nunca de manhã. Meu cérebro não funciona de manhã.

Você escreve todos os dias?
Escrevo de segunda a sexta. Nos finais de semana eu dou uma parada para me desligar e depois voltar com o olhar novo.

Onde você escreve?
No meu quarto.

De onde vem suas ideias?
De muitos lugares. Uma imagem que eu vejo, uma pintura, uma música, artigos científicos e histórias da mitologia.

Você trabalha com um plot definido ou você vai escrevendo até ver onde a ideia te leva?
Quando eu começo eu me deixo levar, depois eu paro para definir o plot e então continuo.

Qual é a coisa mais difícil em ser escritor?
Acho que para mim é não poder viver dos meus livros. Eu queria poder escrever sem me preocupar com dinheiro, hehe.

Qual foi a maior dificuldade em escrever seu último livro?
Foi deixar tudo coerente. Eu criei outro mundo com muitas raças diferentes, então foi uma preocupação grande que as coisas fizessem sentido.

Qual é a melhor coisa em ser escritor?
É poder criar o tempo todo e ter muitos amigos imaginários.

Quanto tempo normalmente você leva para escrever um livro?
Um ano ou mais. Nunca menos, porque eu releio várias vezes.

Você às vezes tem bloqueio de escritor?
Às vezes, mas nunca por muito tempo.

Como você lida com bloqueio de escritor?
Quando me sinto bloqueada eu vou atrás de imagens ou leio meus cadernos onde anoto tudo o que acho que pode vir a servir para minhas histórias e devagar as ideias vão se formando e eu volto a escrever.

Você tem alguma dica para superar o bloqueio de escritor?
Precisa achar o que te inspira. Música, fotos, sair um pouco de casa, o que funciona para um pode não funcionar para o outro. Mas uma hora você tem que sentar e começar a escrever qualquer coisa, se ficar só na cabeça aí não vai sair nada mesmo.

Você prefere ler livros de papel ou ebooks?
De papel.

Quais livros você está lendo no momento?
Eu tenho um problema, não consigo ganhar um livro ou comprar um e não começar a ler, então leio muitos livros de uma vez. Vamos lá:

“A batalha do apocalipse”, de Eduardo Spohr.
“A dança dos dragões”, de George R. R. Martin.
“O livro da mitologia”, de Thomas Bulfinch.
“Os doze”, de Justin Cronin.
“Kaori – perfume de vampira”, de Giulia Moon.
“A corte do ar”, de Stephen Hunt.
“The Casual Vacancy”, de J.K. Rowling.
“O mistério da estrela”, de Neil Gaiman.
“Convite para um homicídio”, de Agatha Christie.
“O mentalista”, de Thorsten Havener.
“Leggende del mondo emerso”, de Licia Troisi.
“As melhores histórias da mitologia”, de Carmen Seganfredo.
“Frankenstein”, de Mary Shelley.
“Essential Tales and Poems”, de Edgar Allan Poe.
“Wuthering Heights”, de Emily Brontë.
“O dragão de gelo”, de George R. R. Martin.
“Eragon”, de Christopher Paolini.
“Praticamente inofensiva”, de Douglas Adams.
“The Historian”, de Elizabeth Kostova.
“Westmark”, de Lloyd Alexander.
“O apanhador de sonhos”, de Stephen King.

Você deixa seu livro de molho por um tempo (como um mês) para depois voltar a ler e editar?
Um mês não. Mas depois que eu termino eu deixo de lado por uma semana, depois eu volto para reler.

Você acha que a capa representa um papel importante na hora de comprar um livro?
Acho que sim.

Como você publicou seus livros? (independente ou com editora) e Por quê?
“Capitolina” e “C.S. – Detetive Particular” eu publiquei de forma independente e “O Quarto Mundo” com editora. Não teve um por que, foi assim que aconteceu, hehe.

Quais seriam, segundo a sua opinião, as desvantagens e vantagens de publicar de forma independente e com editora?
De forma independente você tem mais controle de tudo o que acontece com seu livro e com a editora você tem mais visibilidade nas grandes livrarias e com evento de lançamento.

Em quais formatos o seu livro está disponível?
“Capitolina” e “C.S. – Detetive Particular” estão disponíveis em ebook e papel. “O Quarto Mundo”, só em papel.

O que você faz nas horas vagas?
Leio, assisto a séries e filmes, jogo videogame.

Qual é uma frase que motiva você?
“Uma escritora é uma escritora não porque ela escreve bem e com facilidade, ou porque ela tem um talento incrível ou porque tudo que ela faz é ouro.  Uma escritora é uma escritora porque, mesmo quando não há esperança, mesmo quando nada o que você faz mostra qualquer sinal de promessa, você continua escrevendo mesmo assim.” (Junot Diaz, professor of writing, winner of the Pulitzer Prize for Fiction, 2008)

Qual é seu livro preferido e por quê?
É difícil escolher um, mas se eu tenho que escolher eu escolho “O senhor dos anéis”, de J.R.R. Tolkien. Porque esse livro foi e é um bom amigo.

Qual é seu filme preferido e por quê?
De novo difícil, mas para não ser repetitiva e falar “O senhor dos anéis” eu escolho o “Batman – O cavaleiro das trevas”, porque ele é meu herói preferido.

Onde você se vê daqui cinco anos?
Nossa, essa é mais difícil ainda. Acho que eu gostaria de me ver lançando mais livros e quem sabe com uma rede de leitores que acompanham meus livros. Isso seria muito legal. Também estou prestes a abrir um café-livraria com o namorado, espero que isso já esteja a todo vapor também.

Que conselho você daria para você mesmo quando era mais jovem?
Hmmm, não tente fazer coisas aleatórias que não te interessam só para ganhar algum dinheiro. É melhor focar no que você ama.

Qual pessoa famosa, viva ou morta, você gostaria de conhecer e por quê?
Acho que a essa altura vocês já sabem a resposta, né? Eu queria conhecer J.R.R. Tolkien. Ia pedir vários conselhos. =D

Que conselho você daria para quem quer se tornar escritor?
Não tenha medo de errar, senão você nunca vai escrever nada.

Como os leitores do blog podem saber mais sobre você e seu trabalho?
Blog: marinices.wordpress.com
Facebook: Marina San
Twitter: @Supermaryn
Pinterest: Marina S.
Amazon: C.S. – Detetive Particular
Clube de Autores: Marina Sandoval
Book Links: Capitolina, C.S. – Detetive Particular, O Quarto Mundo
Goodreads: Marina Sandoval
Skoob: Marinetta

* * *
Para ler as minhas respostas, aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s