A violência invisível

Sociedade

“Eu posso pegar isso e jogar assim na mesa, isso para mim é uma violência. Eu posso pegar esses papéis e colocar na mesa, isso é não violência. A maneira que eu caminho, que eu abro a porta, que eu falo com as pessoas e as palavras que eu escolho usar, e a maneira que eu penso as pessoas. Sou verdadeiramente capaz de acolhê-las como semelhantes no meu coração?”

Monja Coen, na palestra “A violência invisível”.

Palestra “A violência invisível”, Monja Coen Roshi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s