A glória das minúcias da Rainha da Vírgula da The New Yorker

Internet

Sou formada em Comunicação Social, mas trabalhei vários anos de revisora de textos. Hoje tenho sido redatora, mas confesso sentir uma imensa saudade da caneta vermelha.

Por isso, como não me ver em Mary Norris? Revisora de textos por mais de trinta anos, ela trabalhou na revista The New Yorker durante praticamente toda a sua carreira. Neste TED, ela relata algumas particularidades da profissão e situações pelas quais ela passou na revista. Vale apenas para quem é da área? De maneira alguma, se você tem amor pela palavra, essa palestra também é para você.

Essa apresentação é de 2016, ano em que ela ainda trabalhava na The New Yorker. Conhecida pelo apelido Comma Queen (Rainha da Vírgula), hoje ela é escritora. Quem quiser saber mais sobre Mary Norris, o seu site e perfil no Twitter.

(O vídeo tem legendas em português.)

The nit-picking glory of The New Yorker’s Comma Queen, Mary Norris, TED, 2016.

Quer Ver Escuta

Internet, Teatro

“Um colecionador de sons; uma atriz que está perdendo a memória; um homem que guarda uma voz; um cão que estuda línguas; uma sereia que lê poesia; uma mulher em movimento; um locutor em busca de silêncio. A primeira peça radiofônica do Grupo Galpão é um chamado à escuta.”

Essa é a sinopse de Quer Ver Escuta, peça radiofônica do Grupo Galpão. A estreia aconteceu no dia 10 de julho, na Rádio Inconfidência, e vem sendo transmitida ao longo desse mês. Só pelo rádio? Não, a obra completa também está disponível nas plataformas de streaming, dividida em cinco partes.

Eu ouvi todas as partes no mesmo dia. É uma delicadeza, um afago na alma e uma faísca nas ideias. Além disso, é bonito que só.

Mais informações, no site do Grupo Galpão, aqui.

Para ouvir agora, no Anchor (aqui) ou no Spotify (aqui).

Inês Peixoto, do Grupo Galpão. Foto: Mateus Lustosa/Divulgação.

Kobane: dias de luta pela liberdade | Alba Sotorra

Internet, Sociedade

A documentarista Alba Sotorra conta como foram seus dias acompanhando soldadas na guerrilha curda em Kobane, na Síria.

“Nenhuma mulher que conheci na Síria se alegrava com a morte do inimigo. Enquanto os meninos comemoravam a vitória, elas ficam sentadas, perdidas em seus pensamentos. ‘Essas mortes são uma barbárie’, Aryan me disse um dia. ‘Se mata em nome do poder, em nome da religião, por pura violência.'”

“Kobane: dias de luta pela liberdade”, Alba Sotorra, TEDxReus, 2016.
(legenda disponível em português)